Vamos falar de coletor Menstrual parte 2

 

IMG_0587

🙂 Esse  que tenho é da marca Diva Cup

Estamos falando sobre coletor menstrual, um método nem tão novo assim ( leia o post Vamos falar de coletor menstrual parte 1) mas que muda nossa rotina íntima e também faz bem à natureza e ao nosso bolso.

O coletor menstrual ou menstrual cup, em inglês, é reutilizável e possui vida útil estimada entre 5 e 10 anos! Vi que no Brasil o custo de um gira em torno de R$40-80. Aqui nos EUA custa em média de $40 (doletas)

Acho caro.Por isso, é preciso muita pesquisa antes de investir o dinheiro.

No entanto, se fizermos uma continha simples, vamos ver que um coletor sai muito mais barato que absorventes descartáveis. Digamos que por mês gastemos uns R$10/mês com absorvente interno/ ou externo e protetor diário (e pode ser mais, dependendo da marca e quantidade usada). Em um ano o gasto é de R$120. Em cinco anos o gasto seria de R$600. Logo, R$40-R$80 por um não é nada mal.

O mercado oferece 2 tamanhos, até o momento . O # 1 é voltado mais para adolescentes, com fluxos mais leves ou mulheres sem filhos. E o tamanho 2, para mulheres com filhos ou com fluxo mais intenso. Mas, claro, é relativo. Há mulheres que já tiveram filho e o tamanho 1 é melhor para elas e vice-versa.
Mas gente, não basta comprar e achar que vai ser pá-pum em usá-lo! Não. O uso do coletor exige que nós mulheres conheçamos o nosso corpo, os meandros vaginais, digamos J

Para usá-lo precisamos nos tocar, conhecer como é o nosso cervix, etc. Isso tudo é muito bom e saudável. Mas a sociedade ainda condena. E isso pode ser um incômodo. MAS… como deixamos a hipocrisia numa caixinha e a jogamos no lixo (no post anterior), a sociedade não vai nos incomodar! Ha!

Outro ponto: é bem improvável que no primeiro ciclo saibamos a posição correta do coletor dentro da gente. É um auto-conhecimento constante.

Por isso, o risco de vazamento é bem provável. Logo, usar um absorvente (principalmente nos dias mais pesados) é uma boa escolha (Passei a usar absorventes de pano. Reutilizáveis e fofinhos 🙂

IMG_0584

Esses são alguns dos absorventes de pano que tenho

Pontos (muito) importantes

1- A dificuldade em inserí-lo e retirá-lo existe. Isso é inegável.

Vai depender de como você dobra a borda do coletor (na hora de colocar). Há várias formas de você fazer a dobrinha. Pesquise!! Isso é fundamental!

Para vocês terem uma ideia, comprei o meu primeiro coletor há mais de um ano e por não ter pesquisado direito, tentava uma dobra difícil de inserir. Resultado: fiquei com preguiça e achei que não funcionava pra mim… Só agora resgatei novamente o bendito da minha gaveta.

2- O tipo de material é muito importante: há marcas com o silicone mais rígido que a outra e isso pode ser mais inconveniente para colocar.

Por isso alerto: se você tiver a oportunidade de tocar, de ver de perto o coletor, faça! Até em vídeo é difícil compreender a flexibilidade do material.

3- Na hora de tirar- independentemente da marca- você precisa alcançar (com seus dedos indicador e polegar) a base do coletor – e tirar o vácuo antes de retirá-lo. Esse momento pode ser muito tenso! (mas você acaba pegando a prática)

Mesmo assim, há uma certa baguncinha ou bagunçona. Dependendo do local que você esteja, pode ser um problema. Cuidado com a roupa!!

Enfim, até pegar o jeito, você precisa de tempo. Mas antes, faça a pesquisa: converse com as amigas, e se der, veja o coletor e preste atenção no silicone (textura, rigidez, etc) antes de comprá-lo.

IMG_0585.JPG

Quer ler mais detalhes? O post  Vamos falar de coletor menstrual – parte 3 está sendo escrito! Já já coloco aqui 🙂

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s