Paninho ecológico para alimentos -com cera de abelha!

Imagina você não precisar gastar dinheiro com papel alumínio, saquinhos de plástico ou plástico filme (ou pelo menos economizar bastante!) e ainda ajudar o meio ambiente com menos lixo?

Fiz meus paninhos embaladores com cera de abelha e resina de pinho (acho que a tradução é essa mesmo) e estou adorando o resultado.

Só pra vocês terem uma ideia, um kit com 3 paninhos custa por volta de $18 ( isso mesmo, dólares!!) aqui nos EUA. Então, decidi fazer eu mesma.

Você vai precisar de:

1 ferro de passar roupa (de preferência um que seja separado apenas para fazer artesanato mesmo, pois vai ficar sujo de cera)

Uma toalha velhinha ou uma tábua de passar roupa. ( Proteja a tábua, de qualquer forma 😉

Tecidos 100% algodão.( Sabe aquela blusa que você não usa mais? ou aqueles pedaços de tecidos esquecidos no armário? Recicle!. O importante é que estejam limpos( sem amaciante!) e que sejam de algodão, nada de tecido sintético).

Corte-os de forma que dê para embalar algo. Use uma tampa de panela ou borda de vasilha para medir.

3-4 Folhas de papel vegetal (acho q papel manteiga também serve)

Cera de abelha ralada (a quantidade vai depender do tamanho e quantidade de tecido)

Essa foi a cera que comprei pela Amazon

E resina de Pinho ( é opcional , viu? Só a cera já é suficiente. Mas diz que a resina ajuda o tecido a ficar mais reforçado)

E essa foi a resina

Para cortar os tecidos, usei uma tesoura zig-zag para segurar as bordas do tecido e ajudar a não desfiar com o tempo.

Modo de fazer:

Faça um “sanduiche”: com 1 folha de papel vegetal, coloque um dos pedaços de tecido e espalhe e cera e a resina ( a proporção é de 2 cera para 1 de resina).

Não precisa colocar muita cera, pois vai derreter e espalhar pelo tecido) Depois, por cima mesmo desse primeiro, coloque os outros ( 3 a 4 tecidos) um em cima do outro e “feche” o sanduiche com outra folha de papel vegetal.

Ligue o ferro, bem quente, e passe em cima do papel vegetal e observe a cera encharcar os tecidos. Deixe todos bem “molhados” de cera. Se precisar, acrescente mais cera.

Depois de banhados com cera, os tecidos secam quase de imediato

Quando cada centímetro dos tecidos estiverem molhados de cera, pode comemorar: tem em mãos tecidos embaladores de comida naturais, anti-bactericidas e 100% recicláveis!

Tem metade de um limão aqui 🙂

Envolva a comida ou o prato de comida ou a vasilha com o tecido e deixe que o calor de suas mãos ative a cera do tecido, grudando-o no pote.

Nesses segundinhos, eu acho que é um momento de comunhão entre sua energia e o alimento 🙌🏼🙂. Pode rir🤣, mas você vai sentir o mesmo.

E aqui tem pedaços de cebola

Eu embrulho sanduiche, pedaço de queijo, limão… e uso pra tampar comidas na geladeira. Às vezes uso uma gominha pra ajudar a fechar mais. Mas é opcional.

Pra limpar, passe um pouquinho de sabão e água FRIA e pronto!

Diz a lenda que cada um dá pra usar umas 120 vezes( Uhuhu!!!!). E quando não grudarem mais, pode colocar pra compostagem ou no lixo reciclável!

E não jogue as folhas de papel vegetal fora não. Você pode usar as mesmas na “próxima fornada” de paninhos embaladores 🙂

Tem pessoas que ficam apegadas ais paninhos, de tão lindos que ficam. Outras, usam tecidos de cores diferentes para tampar diferente tipos de alimento.

Adorei o resultado. Tentem e me contem!

Advertisements

Chá azul

Sim, o chá é de um azul maravilhoso, vivo e cheio de nutrientes. Estamos falando da flor Clitoria ternatea, conhecida no Brasil por diversos nomes, como fada azul, ervilha borboleta ou em inglês como butterfly pea, etc.

Ela é natural da África e Ásia cujo formato lembra o clitoris 💙💙💙 (Mais um motivo pra adorar essa florzinha :)) . Mas o plantio já é feito em todo Brasil.🙌🏼

Além do nome mara, essa flor tem propriedades ( quase infinitas! 🤣🤣) excelente para a saúde. Olha só algumas:

Antioxidante

Calmante
Anti-inflamatório
Fortalece o sistema imunológico
Analgésico
Anti-diabetes
Anti-Estresse e Ansiedade
Antiasmático
Bom pra Cabelo e Pele

Comprei o meu o pacotinho de flor pela Amazon

Uso apenas 10 florzinhas pra fazer meio litro de chá

Além disso tudo, o chá é lindo! E como quase não tem sabor- é como beber água mesmo, devtão sutil-dá pra colorir naturalmente bolos, risotos, drinks, picolés…

Experimente! Vale cada golinho 🙂

Banho de creme caseiro

A-DO–RO receitas de beleza. E me divirto em casa fazendo a própria unha ou cuidando do cabelo. Sério, esses momentos me fazem muito feliz.

Vou dividir com vocês essa receitunha super simples e eficaz. Os ingredientes você vai encontrar em sua cozinha ou no jardim: babosa/ aloe vera; azeite e óleo de coco.

1) Tire a polpa da babosa e bata o gelzinho até virar uma emulção. (bati a minha com aqueles liquidificadores de mão). Se vc quiser, para aproveitar o trabalho de ter retirado a babosa, coloque uma parte dessa emulção numa garrafa de vidro e tampe, refrigere. Assim você pode colocar na pele durante a semana para hidratação.

2) Em outro recipiente (prefiro os de vidro) coloque duas colheres de azeite e outras duas de óleo de coco ( ou outro que você preferir). Aqueça por 30-40 segundos no microondas ou no fogão. O importante é não deixar ferver ou até mesmo dar umas borbolhas. De leve na neve 🙂

Oléos e babosa emulsificada

3) Misture a babosa emulsificada com os óleos. A volume a ser usado vai depender da quantidade de cabelo que vc tenha.

4) Como estava sozinha–com duas crianças maravilhosas me pedindo atenção– coloquei o líquido no meu cabelo sem separar as madeixas mesmo. Apenas deixei que ficasse encharcado.

5) Coloque uma touca de plástico (ou sacola de supermercado mesmo, o que foi meu caso) e deixe pelo menos uma hora. Quando faço deixo umas três horas.

Brinque com filtros enquanto a sacola está na cabeça! 🤣🤣

6) Lave o cabelo com xampoo e pronto! Seu cabelo vai ficar muito macio, cheio de brilho e nutrido e praticamente de graça 🥰 Cuide de você 🥰

Um creminho para a coleção :)

Venho usando um creme de pele que promete ser excelente, apesar de conter produtos  bem conhecidos e tradicionais (que temos até em nossas cozinhas :).

egyptian cream1

É o Egyptian Magic. Confesso que achei a embalagem meio sensacionalista mas comprei o produto porque ele está fazendo muito sucesso por aqui e queria experimentar. Diz a lenda que os ingredientes– azeite de oliva, cera de abelha, mel, pólen, geléia real e extrato de própolis– eram usados pelas egípicias como bálsamo para a pele. Então, com esses ingredientes e essa lenda toda é complicado dizer resistir !

Como este post é um review, uma avaliação, vamos então para os prós e contras?

Prós: É tudo natural, sem derivados de petróleo e contém ingredientes como: cera de abelha,mel, extrato de própolis, entre outros.

Na embalagem diz que pode passar no corpo todo, o que é ótimo.  Pela textura, acho uma boa opção para quem está grávida pois deixa a pele bem “maleável”, digamos. Para uma barriguinha esticada, seria realmente um bálsamo.

Estou usando há um um tempinho e não tenho nada a reclamar.

Mas minha pela não mudou muito (uso um dia sim, outro não), mas está mais hidratada e macia.

Egyptian cream

A textura é bem firminha

É ótimo para as unhas, cutículas e pés.

Rende muito! Um pouquinho só (meia ponta de dedo)dá para passar no rosto todo e rende para as mãos. Meu rosto é oleoso ( e tenho espinhas e cravos até hoje :/) e o creme, apesar de bem denso, não obstruiu meus poros.

Contras: $$$ Achei caro: cerca de $40,00 (118 ml- ou 4 oz). E não esperem cheirinho de mel ou algum aroma agradável pois nele não é adicionado fragância. É bem básico, sem firulas olfativas. Não se enganem com o nome. O produto é feito nos EUA e não passa nem perto do Egito.🤪

Compraria de novo: Talvez. Ainda estou pensando…Mas com certeza recomendo. Dizem que há outros no mercado bem parecidos e com preços um pouco mais amigos. No geral, usei esse creme mais para unhas e cutículas pois achei muito pesado pro rosto, já que a minha pele é mais oleosa.

 

Banheira de bebê flexível

Segui a sugestão de uma amiga e tratei de comprar essa banheira flexível para minha filha, ou melhor: para o meu medo de dar banho em recém-nascido. E também para poupar minha coluna e pós-cesariana.

Aqui nos EUA é muitooo comum dar banho no neném na pia, mas com meu primeiro filho eu nunca havia tentado por causa do tipo de pia q eu tinha, era um formato ruim pra dar banho.

Com o Lucas, depois de alguns meses, com ele já dando os pinotes da banheira, colocava a banheira de bebê dentro da banheira normal… que dor de coluna, gente. Foi traumático. Por isso não pensei duas vezes antes de comprar essa baheira flexível para o meu segundo bebê, Julia.

A banheira que usei, da marca PUJ, tem aberturas laterais pelas quais a água escoa, nunca deixando a banheira cheia d’àgua ( já que a torneira fica ligada enquanto o banho durar). E o neném fica inclinado, apoiaddo nas beiradas internas da banheira. Ou seja, ajuda muito na segurança quando é recém nascido.

Feita de espuma e completamente dobrável, ela se adapta a qualquer pia. Um sonho.

Se sua torneira tem água quente e fria e dá pra temperar direitinho a água, super recomendo. Caso contrário, você terá que levar junto um balde com água morna e ir “alimentando“ a banheira aos poucos. Assim, seu neném vai ficar sempre quentinho.

Hoje minha filha de mais de um aninho e a baheira continua sendo útil, não todos os dias, mas para aqueles momentos urgentes como cocô explosivo, quando está muito cansadinha, suada ou sujinha demais.

Fica a dica e até a próxima!!

Sobre gravidez e 5 itens essenciais para o bebê

Semana passada minha bebêzinha Julia completou um aninho. Lembro-me como se fosse hoje, saímos de casa super cedo para ir ao hospital e ganhar de presente essa doce menina. Que presente! Aproveito que estamos às vésperas do dia das mães para escrever este post prático (consumista sim…) mas bem honesto e útil, acredito.

Julia e Lucas com a mesma idade…

Meu amorzinho!

Gravidíssima da Julia ❤️❤️❤️

Quando ela nasceu, a rotina foi intensa, com um neném novinho em casa e também o Lucas de 4 anos. Pauleira…mas rotina cheia de amor e também paciência.

Então, grávida duas vezes e com um intervalo interessante entre meus filhos, me sinto na responsabilidade de dividir com vocês alguns itens de gravidez e de bebê que pra mim foram e ainda são de grande ajuda.

Essas dicas também servem para quem está em dúvida em dar algo de presente para a mamãe ou o bebê na ocasião de algum chá de bebê. Seguem as dicas!. Fui bem enxuta na minha lista, já que é fácil DEMAIS cair em tentação com cousas desnecessárias durante a gravidez. Afinal esse nercado virou uma indústria das mais rentáveis no mundo! Escolhin a dedo cada item 🙂

Alguns Itens Essesnciais para meus bebês:

1-O primeiro é o carrier, que apelidamos aqui de “canguru”. O meu é da marca Ergobaby. É o objeto que mais uso desde o primeiro mês de vida do Lucas e agora com a Julia. Uso demais! Até dentro de casa pra arrumar casa… coloco a Julia ( ou quando o Lucas cabia nele) e lavo vasilhas, varro, dobro roupa…. tudo. Com a chegadacda Julia, não comprei o modelo mais atual não, apesar de querer muito, mas achei desnecessário.

Olha o “canguru” servindo até com o Lucas já gradinho em nossas andançss por Londres.

É um “sonífero” instantâneo! É colocar o bebê dentro e pronto: poucos minutos depois o neném dorme. Pelo menos acontece com meus filhos.

Viajo com certa frequência e o carrier me ajuda demais já que minhas mãos ficam livres e é bem confortável.

2-O segundo item é essa banheirinha maleável que se adapta a quase todos os formatos de pias, da marca PUJ. Não sei vc, mas eu tenho muito medo de dar banho em recém nascido (minha mãe naravilhosa veio para os EUA e deu os primeiros banhos nos meus dois filhos!!🙈). ( vou fazer um post só da banheira depois pra vcs)

3-Pack and play: é um bercinho portátil w bem prático. Com a Julia comprei um colchãozinho pra ficar ainda mais confortável. É tudo de bom.

4-Travesseiro em forma de ferradura: Gente, me ajudou muito!

A Julia teve muito muco no canal respiratório quando nasceu. Era muito difícil para ela respirar, tadinha. Ela não conseguia respirar se ficasse deitada nas primeiras semanas e durante bons meses neste primeiro ano de vida. Usei dois tipos, mas o que mais funcionou foi esse da foto, da marca Boppy.

Logo, esse travesseiro foi a “caminha” dela pois com ele a Julia ficava inclinada de forma confortável e conseguia respirar um pouco melhor.

5- E não poderia deixar de fora o Nose Frida: um sugador de meleca bem prático e eficiente! No Brasil tem marcas parecidas, já pesquisei na Drogaria Araújo, Drogas Raia, Pacheco, etc. Encontrando, super recomendo comprar. Uso o meu até hj na Julia.

E para vocês? Quais foram os itens mais necessários e práticos para seu neném?