Abacate 🥑 + Abacaxi 🍍 

Eu sou uma perdição com o Pinterest. Assim, extremamente vulnerável. Pinterest pra mim é o equivalente àquelas gôndolas de “última hora” perto do caixa de lojas.

Já fiz festinhas de aniversário inspiradas no Pinterest…(gastei o q não devia, vale destacar). Roupas… ai ai…

E claro, comida! E hoje foi um dia desses. Avistei uma salada mega delícia e fiz! Fui ao supermercado e comprei: abacate, abacaxi e azeite, pois o meu havia acabado. 

Tão simples! Pique/corte em pedaços ou fatias + cebola fatiada bem fininha + sal, pimenta do reino e um filete de azeite. Pronto! Aproveite! 

É uma salada mega refrescante. Ótima receita: baratinha, fácil de fazer, saudável e textura deliciosa! 

Advertisements

Voltando..3,2,1

 

img_1768

Contemplando a paisagem: Central Park, 2017

Oieeeeeee! Depois de um longo inverno sem escrever aqui…A boa filha à casa torna. Que alegria!!

Tudo bem com vocês?

A correria está intensa é pra todo mundo mesmo? Sério: estamos ainda no início de fevereiro mas a minha sensação é de estar em Junho. De tão punk que está sendo.

img_1823

Saborear um cafezinho: com calma

Escrevo  porque  em 2017 minhas resoluções foram todas imateriais. Foram existencialistas, digamos. Entre as poucas mudanças que decidi alcançar e me esbaldar em 2017 estão: me dedicar ao que realmente gosto de fazer: escrever aqui, escutar músicas ( até isso tá complicado!!) e aprender a meditar. Acostumar com o silêncio e, assim, ficar menos nervosa e ansiosa com a vida. E contemplá-la. Fazer 30 minutos de caminhada por dia e acordar mais cedo ( leia-se 5 da manhã). Entre outras tão importantes quanto.

Então, voltemos ao DicasIngriveis 2017 com muita energia boa!!! E dicas imperdíveis 😉

img_1889

Perceber a Arte que nos rodeia. Sempre. 

 

 

 

Sobre alhos e nada de bugalhos

garlic-09

                                                                                                                      Foto:buyconsious.com

Essa raíz tão corriqueira em nossas cozinhas é uma das plantas mais antigas do mundo cultivada há mais de 5 mil anos. Acredita-se que era dado aos soldados romanos antes de irem para guerras. Os egípcios davam o alho aos escravos para aumentar a resistência deles.

Minha mãe diz que alho é bom pra tudo. E não duvido.

É rico em vitaminas e minerais e, para mim, não pode faltar em nenhum prato. Coloco alho na sopa, na pizza, no arroz, no feijão, no molho de salada….

Como alho com tudo. Até puro.

E o alho tem uma característica maravilhosa: é muito versátil para se armazenar.

Como milhares de mulheres e homens desse mundo, sou muito ocupada e pode parecer bobo, mas descascar alho toda vez que vou fazer comida me toma um tempo interessante e que não disponho. Então, o mais prático para mim é comprar um pote de alho fresco e já descascado. (Mas eu não gosto daqueles que já vêm picado não. Acho que o sabor se altera)

No entanto, uma vez descascado a vida útil dele se reduz e é necessário que fique refrigerado. Decidi então congelá-lo e o fiz de algumas formas: em dentes mesmo e ralado/processado.

Gente, é uma mão na roda e foi uma das melhores decisões culinárias que já tomei na vida.

O pote que comprei tinha mais de 2 quilos de alho. Se não congelasse iria se perder em 30 dias. Logo, dividi o pote em quatro frentes: uma parte eu fiz tempero (apenas com alho bem batido no processador e sal; uma outra parte eu deixei apenas picado, também no processador; a outra eu deixei com os dentes inteiros e a última parte eu deixei dentro de um vidro na geladeira pelo simples motivo que eu como alho cru sempre que sinto que uma dor de garganta está à espreita.

img_3518

Todos os meu queridinhos congelados e prontinhos para usar 🙂

Coloquei os picados em vasilhas pequenas de vidro e os dentes em saquinhos de plástico. Congelei tanto os inteiros quanto os picados e sempre que preciso dar aquele extra de alho pego uma das vasilhinhas no freezer e “raspo” com uma colher apenas a quantidade que vou usar. E uso sem dó porque tem tanto! Em seguida, (em seguida mesmo! Não pode esquecer pois descongela muito rápido) volto com a vasilhinha pro freezer.

img_3517

O alho picado congelado. Basta raspar com uma colher que sai com facilidade.

O sabor não se modifica com o congelamento não. Fica sempre com sabor fresquinho.

Então, para aqueles que gostam, usem e abusem dessa dica. É imperdível. 🙂

P.s: Sobre comer alho cru. Por conter alicina e alina, o alho  tem efeitos antibactericida e antiinflamatório.E o mais eficiente seria ingerí-lo cru. Vc pode ralar o alho cru  e colocar no feijão  ou na sopa – já no seu prato- sem que a raíz passe por altas temperaturas. Ou você pode simplesmente mastigar um dente de alho. Eu sou adepta às duas opções.

Para poupar as pessoas ao meu redor, como o alho cru antes de dormir. Daí o bafinho passa enquanto tenho um sono de princesa. Super recomendo. hi hi hi

img_3516

O alho picado se descongela em menos de 3 minutos

Brincando de massinha sem Bagunça

massinha 2

Mil e uma utilidades de cortina de banheiro 🙂

Quem tem criança em casa sabe do caos que é uma casa com brinquedos. E chega a idade de brincar de massinha e o caos multiplica-se de forma exponencial. Então, arrumei uma forma de conter um pouco os pedaços que ficam espalhados pelo chão da casa, tapete, carpete, etc. E a forma que criei foi muito simples: uma cortina de chuveiro.

Minha ideia na verdade é inserir outros buracos ao redor de toda a borda da cortina. Depois, vou colocar uma cordinha de modo que a cortina vire um saco! E poderei pendurar esse saco com as vasilhinhas de massinhas, cortadores e toda a parafernalha no closet ou em outro lugar.

Massinha 1

Criando monstrinhos de massinha! kkkk

Isso vale para brinquedos com peças pequenas, tipo legos e bloquinhos de madeira.

E para voltar a brincar, basta abrir a cortina novamente no chão 🙂

Riviera Maya/Cancún

793613D4-4811-43E9-A9EF-5118259031BD

Gente, fui para Cancún e dessa vez de férias! Fiquei num resort ótimo ( Omni Hotel & Resorts), all inclusive- e preciso deixar algumas dicas para vocês. Sei que é inverno no Brasil, mas que tal se preparar para uma viagem deliciosa para daqui alguns meses ou até para o verão do ano que vem? Preparação é tudo!

Então, vamos lá!

  • Cancún é uma península, uma “tira” de terra rodeada por um mar azul-turquesa inesquecível. E essa “tira” é em forma de um 7 deitado.
  • Cancun map 7

    Observem o formato em “7”

  • O lugar é muito belo! Mas para quem gosta de um mar mais calmo, evitem se hospedar nas redondezas do “fim do 7”. Quanto mais próximo ao aeroporto, mais o mar é aberto e violento (mesmo!). Quanto mais próximo “à cabeça do 7″, mais o mar é fechado ( tem ilhas ao redor) e o oceano é calminho, igual  piscina.

    A0AEA3C8-7373-4EDA-8B91-34CAFABFBA6E

    Lugar abençoado pelos deuses Mayas!

  • Se der, por favor, fiquem em hotel all inclusive! É mais caro, mas só de não precisar pensar em “onde e o quê” vamos jantar, almoçar…é de uma tranquilidade! Sem falar que vc pode tomar e comer tudo que imagina, o dia todo! Pensa: “Hoje estou a fim de comida italiana… tem restaurantes temático. Sushi…tem também. Mexicano… idem. E por aí vai.
  • Levem grana para dar gorjeta, tip. Quanto? Acho que de $1 a $3 dollares é uma média razoável para o garçon da jacuzzi que te preparou várias margaritas durante os 60-120 minutos que você ficou lá. Ou a mesma quantidade para aquele que te serviu na areia da praia, num sol escaldante. Sinta-se livre para dar ainda mais J . Para a moça que arrumava nosso quarto, éramos mais generosos, a cada diária. Cancun é praticamente uma extensão do Texas, logo, eles aceitam dólares sem problema.
  • Levem bóia, briquedinhos de praia/piscina e flutuadores para as suas crianças, caso tenham, pois esses brinquedinhos custam bem mais caro no local. E se der, levem máquina à prova d’água! É diversão pura e segura para o seu celular 🙂

    08090FFD-A8B7-4427-9D70-056BB8EF6793

    Areia: lugar feito para crianças!

  • Quantos dias ficar? Olha, essa resposta é muito relativa porque depende do seu propósito e estilo de vida. No meu caso, não queria saber de mais nada além de ficar na praia ou piscina fazendo NADA. Queria ficar na minha. Nesse caso, 3-5 dias é bacana. Mas se você quer se aventurar, ir nas pirâmides ( a 1-2 horas de Cancun)… visitar as ilhas ao redor…talvez de 4 a 7 dias seria o ideal.

    IMG_1294

    Olha a vista!

  • No mais, vivam a sombra e água fresca desse lugar abençoado ! E experimentem comidas diferentes!
    IMG_1374

    Suco de cacto: delícia!

    Quando viajo eu vou com cabeça aberta para experimentações culinárias (adoro comer! 😉 Para mim, faz para da diversão!

Vamos falar de coletor Menstrual parte 2

 

IMG_0587

🙂 Esse  que tenho é da marca Diva Cup

Estamos falando sobre coletor menstrual, um método nem tão novo assim ( leia o post Vamos falar de coletor menstrual parte 1) mas que muda nossa rotina íntima e também faz bem à natureza e ao nosso bolso.

O coletor menstrual ou menstrual cup, em inglês, é reutilizável e possui vida útil estimada entre 5 e 10 anos! Vi que no Brasil o custo de um gira em torno de R$40-80. Aqui nos EUA custa em média de $40 (doletas)

Acho caro.Por isso, é preciso muita pesquisa antes de investir o dinheiro.

No entanto, se fizermos uma continha simples, vamos ver que um coletor sai muito mais barato que absorventes descartáveis. Digamos que por mês gastemos uns R$10/mês com absorvente interno/ ou externo e protetor diário (e pode ser mais, dependendo da marca e quantidade usada). Em um ano o gasto é de R$120. Em cinco anos o gasto seria de R$600. Logo, R$40-R$80 por um não é nada mal.

O mercado oferece 2 tamanhos, até o momento . O # 1 é voltado mais para adolescentes, com fluxos mais leves ou mulheres sem filhos. E o tamanho 2, para mulheres com filhos ou com fluxo mais intenso. Mas, claro, é relativo. Há mulheres que já tiveram filho e o tamanho 1 é melhor para elas e vice-versa.
Mas gente, não basta comprar e achar que vai ser pá-pum em usá-lo! Não. O uso do coletor exige que nós mulheres conheçamos o nosso corpo, os meandros vaginais, digamos J

Para usá-lo precisamos nos tocar, conhecer como é o nosso cervix, etc. Isso tudo é muito bom e saudável. Mas a sociedade ainda condena. E isso pode ser um incômodo. MAS… como deixamos a hipocrisia numa caixinha e a jogamos no lixo (no post anterior), a sociedade não vai nos incomodar! Ha!

Outro ponto: é bem improvável que no primeiro ciclo saibamos a posição correta do coletor dentro da gente. É um auto-conhecimento constante.

Por isso, o risco de vazamento é bem provável. Logo, usar um absorvente (principalmente nos dias mais pesados) é uma boa escolha (Passei a usar absorventes de pano. Reutilizáveis e fofinhos 🙂

IMG_0584

Esses são alguns dos absorventes de pano que tenho

Pontos (muito) importantes

1- A dificuldade em inserí-lo e retirá-lo existe. Isso é inegável.

Vai depender de como você dobra a borda do coletor (na hora de colocar). Há várias formas de você fazer a dobrinha. Pesquise!! Isso é fundamental!

Para vocês terem uma ideia, comprei o meu primeiro coletor há mais de um ano e por não ter pesquisado direito, tentava uma dobra difícil de inserir. Resultado: fiquei com preguiça e achei que não funcionava pra mim… Só agora resgatei novamente o bendito da minha gaveta.

2- O tipo de material é muito importante: há marcas com o silicone mais rígido que a outra e isso pode ser mais inconveniente para colocar.

Por isso alerto: se você tiver a oportunidade de tocar, de ver de perto o coletor, faça! Até em vídeo é difícil compreender a flexibilidade do material.

3- Na hora de tirar- independentemente da marca- você precisa alcançar (com seus dedos indicador e polegar) a base do coletor – e tirar o vácuo antes de retirá-lo. Esse momento pode ser muito tenso! (mas você acaba pegando a prática)

Mesmo assim, há uma certa baguncinha ou bagunçona. Dependendo do local que você esteja, pode ser um problema. Cuidado com a roupa!!

Enfim, até pegar o jeito, você precisa de tempo. Mas antes, faça a pesquisa: converse com as amigas, e se der, veja o coletor e preste atenção no silicone (textura, rigidez, etc) antes de comprá-lo.

IMG_0585.JPG

Quer ler mais detalhes? O post  Vamos falar de coletor menstrual – parte 3 está sendo escrito! Já já coloco aqui 🙂