Prudência e Caldo de galinha não fazem mal a ninguém :)

E o resfriado 🤒 chegou aqui em casa. Minha mãe diz TODAS as vezes que conversamos: coloca alho cru na comida! Ajuda demais! E ajuda mesmo.

Sei que o Sol e o verão maravilhoso estão bombando no meu querido Brasil… mas aqui nos EUA está muito frio e no Texas está havendo inclusive uma epidemia da gripe H1N1. Então… todo cuidado é pouco, minha gente 🙂

Por conta da indisposição, acabei trabalhando de casa mesmo. E pro “lanche” da tarde eu fiz um caldinho bem leve ora mim.

Coloquei caldo de frango pra esquentar(de legumes funciona também). Comprei um que vem na caixinha, orgânico. Mas sevvocê cozinhar o frango e separar o o caldo, aguado mesmo-e colocar pra confelar, fica melhor ainda.Use o que você tiver à disposição.

Adicionei açafrão, pimenta do reino, tomilho fresco, alho cru picado, cebolinha e salsinha. Adicione o algo cru por último, não deixe na panela fervendo não. Quanto mais cru, melhor! Ficou um caldinho bom, leve e bem nutritivo. Recomendo.

English version:

To help beat the cold/ fever: chicken stock + raw garlic ( you add the garlic just in the end) + thyme + turmeric powder + black pepper… It turned out a very nutritious light-soup 🙂 Drink it hot! 🙂

Advertisements

Abacate 🥑 + Abacaxi 🍍 

Eu sou uma perdição com o Pinterest. Assim, extremamente vulnerável. Pinterest pra mim é o equivalente àquelas gôndolas de “última hora” perto do caixa de lojas.

Já fiz festinhas de aniversário inspiradas no Pinterest…(gastei o q não devia, vale destacar). Roupas… ai ai…

E claro, comida! E hoje foi um dia desses. Avistei uma salada mega delícia e fiz! Fui ao supermercado e comprei: abacate, abacaxi e azeite, pois o meu havia acabado. 

Tão simples! Pique/corte em pedaços ou fatias + cebola fatiada bem fininha + sal, pimenta do reino e um filete de azeite. Pronto! Aproveite! 

É uma salada mega refrescante. Ótima receita: baratinha, fácil de fazer, saudável e textura deliciosa! 

Voltando..3,2,1

 

img_1768

Contemplando a paisagem: Central Park, 2017

Oieeeeeee! Depois de um longo inverno sem escrever aqui…A boa filha à casa torna. Que alegria!!

Tudo bem com vocês?

A correria está intensa é pra todo mundo mesmo? Sério: estamos ainda no início de fevereiro mas a minha sensação é de estar em Junho. De tão punk que está sendo.

img_1823

Saborear um cafezinho: com calma

Escrevo  porque  em 2017 minhas resoluções foram todas imateriais. Foram existencialistas, digamos. Entre as poucas mudanças que decidi alcançar e me esbaldar em 2017 estão: me dedicar ao que realmente gosto de fazer: escrever aqui, escutar músicas ( até isso tá complicado!!) e aprender a meditar. Acostumar com o silêncio e, assim, ficar menos nervosa e ansiosa com a vida. E contemplá-la. Fazer 30 minutos de caminhada por dia e acordar mais cedo ( leia-se 5 da manhã). Entre outras tão importantes quanto.

Então, voltemos ao DicasIngriveis 2017 com muita energia boa!!! E dicas imperdíveis 😉

img_1889

Perceber a Arte que nos rodeia. Sempre. 

 

 

 

Sobre alhos e nada de bugalhos

garlic-09

                                                                                                                      Foto:buyconsious.com

Essa raíz tão corriqueira em nossas cozinhas é uma das plantas mais antigas do mundo cultivada há mais de 5 mil anos. Acredita-se que era dado aos soldados romanos antes de irem para guerras. Os egípcios davam o alho aos escravos para aumentar a resistência deles.

Minha mãe diz que alho é bom pra tudo. E não duvido.

É rico em vitaminas e minerais e, para mim, não pode faltar em nenhum prato. Coloco alho na sopa, na pizza, no arroz, no feijão, no molho de salada….

Como alho com tudo. Até puro.

E o alho tem uma característica maravilhosa: é muito versátil para se armazenar.

Como milhares de mulheres e homens desse mundo, sou muito ocupada e pode parecer bobo, mas descascar alho toda vez que vou fazer comida me toma um tempo interessante e que não disponho. Então, o mais prático para mim é comprar um pote de alho fresco e já descascado. (Mas eu não gosto daqueles que já vêm picado não. Acho que o sabor se altera)

No entanto, uma vez descascado a vida útil dele se reduz e é necessário que fique refrigerado. Decidi então congelá-lo e o fiz de algumas formas: em dentes mesmo e ralado/processado.

Gente, é uma mão na roda e foi uma das melhores decisões culinárias que já tomei na vida.

O pote que comprei tinha mais de 2 quilos de alho. Se não congelasse iria se perder em 30 dias. Logo, dividi o pote em quatro frentes: uma parte eu fiz tempero (apenas com alho bem batido no processador e sal; uma outra parte eu deixei apenas picado, também no processador; a outra eu deixei com os dentes inteiros e a última parte eu deixei dentro de um vidro na geladeira pelo simples motivo que eu como alho cru sempre que sinto que uma dor de garganta está à espreita.

img_3518

Todos os meu queridinhos congelados e prontinhos para usar 🙂

Coloquei os picados em vasilhas pequenas de vidro e os dentes em saquinhos de plástico. Congelei tanto os inteiros quanto os picados e sempre que preciso dar aquele extra de alho pego uma das vasilhinhas no freezer e “raspo” com uma colher apenas a quantidade que vou usar. E uso sem dó porque tem tanto! Em seguida, (em seguida mesmo! Não pode esquecer pois descongela muito rápido) volto com a vasilhinha pro freezer.

img_3517

O alho picado congelado. Basta raspar com uma colher que sai com facilidade.

O sabor não se modifica com o congelamento não. Fica sempre com sabor fresquinho.

Então, para aqueles que gostam, usem e abusem dessa dica. É imperdível. 🙂

P.s: Sobre comer alho cru. Por conter alicina e alina, o alho  tem efeitos antibactericida e antiinflamatório.E o mais eficiente seria ingerí-lo cru. Vc pode ralar o alho cru  e colocar no feijão  ou na sopa – já no seu prato- sem que a raíz passe por altas temperaturas. Ou você pode simplesmente mastigar um dente de alho. Eu sou adepta às duas opções.

Para poupar as pessoas ao meu redor, como o alho cru antes de dormir. Daí o bafinho passa enquanto tenho um sono de princesa. Super recomendo. hi hi hi

img_3516

O alho picado se descongela em menos de 3 minutos

Brincando de massinha sem Bagunça

massinha 2

Mil e uma utilidades de cortina de banheiro 🙂

Quem tem criança em casa sabe do caos que é uma casa com brinquedos. E chega a idade de brincar de massinha e o caos multiplica-se de forma exponencial. Então, arrumei uma forma de conter um pouco os pedaços que ficam espalhados pelo chão da casa, tapete, carpete, etc. E a forma que criei foi muito simples: uma cortina de chuveiro.

Minha ideia na verdade é inserir outros buracos ao redor de toda a borda da cortina. Depois, vou colocar uma cordinha de modo que a cortina vire um saco! E poderei pendurar esse saco com as vasilhinhas de massinhas, cortadores e toda a parafernalha no closet ou em outro lugar.

Massinha 1

Criando monstrinhos de massinha! kkkk

Isso vale para brinquedos com peças pequenas, tipo legos e bloquinhos de madeira.

E para voltar a brincar, basta abrir a cortina novamente no chão 🙂

Riviera Maya/Cancún

793613D4-4811-43E9-A9EF-5118259031BD

Gente, fui para Cancún e dessa vez de férias! Fiquei num resort ótimo ( Omni Hotel & Resorts), all inclusive- e preciso deixar algumas dicas para vocês. Sei que é inverno no Brasil, mas que tal se preparar para uma viagem deliciosa para daqui alguns meses ou até para o verão do ano que vem? Preparação é tudo!

Então, vamos lá!

  • Cancún é uma península, uma “tira” de terra rodeada por um mar azul-turquesa inesquecível. E essa “tira” é em forma de um 7 deitado.
  • Cancun map 7

    Observem o formato em “7”

  • O lugar é muito belo! Mas para quem gosta de um mar mais calmo, evitem se hospedar nas redondezas do “fim do 7”. Quanto mais próximo ao aeroporto, mais o mar é aberto e violento (mesmo!). Quanto mais próximo “à cabeça do 7″, mais o mar é fechado ( tem ilhas ao redor) e o oceano é calminho, igual  piscina.

    A0AEA3C8-7373-4EDA-8B91-34CAFABFBA6E

    Lugar abençoado pelos deuses Mayas!

  • Se der, por favor, fiquem em hotel all inclusive! É mais caro, mas só de não precisar pensar em “onde e o quê” vamos jantar, almoçar…é de uma tranquilidade! Sem falar que vc pode tomar e comer tudo que imagina, o dia todo! Pensa: “Hoje estou a fim de comida italiana… tem restaurantes temático. Sushi…tem também. Mexicano… idem. E por aí vai.
  • Levem grana para dar gorjeta, tip. Quanto? Acho que de $1 a $3 dollares é uma média razoável para o garçon da jacuzzi que te preparou várias margaritas durante os 60-120 minutos que você ficou lá. Ou a mesma quantidade para aquele que te serviu na areia da praia, num sol escaldante. Sinta-se livre para dar ainda mais J . Para a moça que arrumava nosso quarto, éramos mais generosos, a cada diária. Cancun é praticamente uma extensão do Texas, logo, eles aceitam dólares sem problema.
  • Levem bóia, briquedinhos de praia/piscina e flutuadores para as suas crianças, caso tenham, pois esses brinquedinhos custam bem mais caro no local. E se der, levem máquina à prova d’água! É diversão pura e segura para o seu celular 🙂

    08090FFD-A8B7-4427-9D70-056BB8EF6793

    Areia: lugar feito para crianças!

  • Quantos dias ficar? Olha, essa resposta é muito relativa porque depende do seu propósito e estilo de vida. No meu caso, não queria saber de mais nada além de ficar na praia ou piscina fazendo NADA. Queria ficar na minha. Nesse caso, 3-5 dias é bacana. Mas se você quer se aventurar, ir nas pirâmides ( a 1-2 horas de Cancun)… visitar as ilhas ao redor…talvez de 4 a 7 dias seria o ideal.

    IMG_1294

    Olha a vista!

  • No mais, vivam a sombra e água fresca desse lugar abençoado ! E experimentem comidas diferentes!
    IMG_1374

    Suco de cacto: delícia!

    Quando viajo eu vou com cabeça aberta para experimentações culinárias (adoro comer! 😉 Para mim, faz para da diversão!

Vamos falar de coletor Menstrual parte 2

 

IMG_0587

🙂 Esse  que tenho é da marca Diva Cup

Estamos falando sobre coletor menstrual, um método nem tão novo assim ( leia o post Vamos falar de coletor menstrual parte 1) mas que muda nossa rotina íntima e também faz bem à natureza e ao nosso bolso.

O coletor menstrual ou menstrual cup, em inglês, é reutilizável e possui vida útil estimada entre 5 e 10 anos! Vi que no Brasil o custo de um gira em torno de R$40-80. Aqui nos EUA custa em média de $40 (doletas)

Acho caro.Por isso, é preciso muita pesquisa antes de investir o dinheiro.

No entanto, se fizermos uma continha simples, vamos ver que um coletor sai muito mais barato que absorventes descartáveis. Digamos que por mês gastemos uns R$10/mês com absorvente interno/ ou externo e protetor diário (e pode ser mais, dependendo da marca e quantidade usada). Em um ano o gasto é de R$120. Em cinco anos o gasto seria de R$600. Logo, R$40-R$80 por um não é nada mal.

O mercado oferece 2 tamanhos, até o momento . O # 1 é voltado mais para adolescentes, com fluxos mais leves ou mulheres sem filhos. E o tamanho 2, para mulheres com filhos ou com fluxo mais intenso. Mas, claro, é relativo. Há mulheres que já tiveram filho e o tamanho 1 é melhor para elas e vice-versa.
Mas gente, não basta comprar e achar que vai ser pá-pum em usá-lo! Não. O uso do coletor exige que nós mulheres conheçamos o nosso corpo, os meandros vaginais, digamos J

Para usá-lo precisamos nos tocar, conhecer como é o nosso cervix, etc. Isso tudo é muito bom e saudável. Mas a sociedade ainda condena. E isso pode ser um incômodo. MAS… como deixamos a hipocrisia numa caixinha e a jogamos no lixo (no post anterior), a sociedade não vai nos incomodar! Ha!

Outro ponto: é bem improvável que no primeiro ciclo saibamos a posição correta do coletor dentro da gente. É um auto-conhecimento constante.

Por isso, o risco de vazamento é bem provável. Logo, usar um absorvente (principalmente nos dias mais pesados) é uma boa escolha (Passei a usar absorventes de pano. Reutilizáveis e fofinhos 🙂

IMG_0584

Esses são alguns dos absorventes de pano que tenho

Pontos (muito) importantes

1- A dificuldade em inserí-lo e retirá-lo existe. Isso é inegável.

Vai depender de como você dobra a borda do coletor (na hora de colocar). Há várias formas de você fazer a dobrinha. Pesquise!! Isso é fundamental!

Para vocês terem uma ideia, comprei o meu primeiro coletor há mais de um ano e por não ter pesquisado direito, tentava uma dobra difícil de inserir. Resultado: fiquei com preguiça e achei que não funcionava pra mim… Só agora resgatei novamente o bendito da minha gaveta.

2- O tipo de material é muito importante: há marcas com o silicone mais rígido que a outra e isso pode ser mais inconveniente para colocar.

Por isso alerto: se você tiver a oportunidade de tocar, de ver de perto o coletor, faça! Até em vídeo é difícil compreender a flexibilidade do material.

3- Na hora de tirar- independentemente da marca- você precisa alcançar (com seus dedos indicador e polegar) a base do coletor – e tirar o vácuo antes de retirá-lo. Esse momento pode ser muito tenso! (mas você acaba pegando a prática)

Mesmo assim, há uma certa baguncinha ou bagunçona. Dependendo do local que você esteja, pode ser um problema. Cuidado com a roupa!!

Enfim, até pegar o jeito, você precisa de tempo. Mas antes, faça a pesquisa: converse com as amigas, e se der, veja o coletor e preste atenção no silicone (textura, rigidez, etc) antes de comprá-lo.

IMG_0585.JPG

Quer ler mais detalhes? O post  Vamos falar de coletor menstrual – parte 3 está sendo escrito! Já já coloco aqui 🙂